Mensagem no iOS 10.3 indica fim ao suporte dos apps e dispositivos 32 bits

Desde o iOS 10, a Apple começou a notificar os usuários ao abrirem aplicativos desatualizados que ainda não são totalmente compatíveis com os aparelhos mais novos, que contam com processadores de 64 bits. Até então, a mensagem só avisava sobre o desempenho reduzido que o app poderia ter, porém agora, com o novo iOS 10.3, tudo indica que o suporte ao 32 bits irá acabar em breve.

Alguém aí se lembra do clássico Flight Control?

Agora, logo ao abrir um aplicativo que ainda está compilado em 32 bits, o sistema exibe o seguinte alerta:

“FlighControl” precisa ser atualizado — Este aplicativo não irá funcionar com futuras versões do iOS. O desenvolvedor do aplicativo precisa atualizá-lo para melhorar sua compatibilidade.

Compare agora com a mensagem que era exibida até o iOS 10.2.1 ao abrir aplicativos ainda em 23 bits:

“Peggle Classic” pode deixar seu iPhone mais lento — O desenvolvedor do aplicativo precisa atualizá-lo para melhorar sua compatibilidade.

Imagem do site MacRumors.

Isso indica que o fim ao suporte de aplicativos em 32 bits está próximo e, apesar da Apple não especificar quando, é muito provável que isso aconteça a partir do iOS 11 — que deve ser anunciado em junho deste ano para os desenvolvedores e lançado em setembro para todos os usuários. Consequentemente, este também seria o fim das atualizações para os dispositivos que ainda utilizam os processadores 32 bits, como o chip A6 do iPhone 5 e do iPad de quarta geração.

A Apple adotou a arquitetura 64 bits em seus dispositivos móveis pela primeira vez em 2013, com o chip A7 do iPhone 5s e, posteriormente, no iPad Air. Desde junho de 2015, todos os desenvolvedores foram obrigados a atualizar seus aplicativos para serem compatíveis tanto com os processadores de 32 e 64 bits. No ano passado, com o iOS 10, o suporte ao 32 bits se tornou opcional, porém a maioria dos aplicativos continuam suportando as duas arquiteturas normalmente.

O fim do suporte ao 32 bits não deve afetar nenhum aplicativo atual, que é atualizado frequentemente, porém quem ainda utiliza apps antigos que não são atualizados há muito tempo pode não conseguir mais nos próximos meses. E, claro, se você ainda possui um destes dispositivos antigos, as versões atuais dos aplicativos devem continuar funcionando normalmente durante um tempo, mas não conte mais com novas versões a partir de então.

Vale lembrar que, no final do ano passado, a Apple começou a notificar alguns desenvolvedores com aplicativos muito desatualizados para que enviassem uma nova versão para a App Store ou, caso contrário, o app seria removido da loja.

Filipe Espósito

Filipe é o criador do iHelp BR. Sempre fascinado por tecnologia, começou a se interessar pela Apple após ganhar o primeiro iPod touch, em 2007. Com a falta de conteúdos sobre a Apple no Brasil, na época, decidiu abrir o iHelp BR para compartilhar dicas e notícias. Entre seus dispositivos mais recentes estão um iPhone 6 Plus, MacBook Pro de 13 polegadas, Apple Watch Series 2 e os novos AirPods. Atualmente está cursando graduação em Jornalismo.

Publicações Recentes