Acabou para a Apple: prévia final do iOS 11 revela todos os últimos detalhes dos novos iPhones e Apple Watch

ACABOU PARA A APPLE! Brincadeiras à parte, a equipe da empresa em Cupertino vai passar a madrugada em pé. Isso porque o site americano 9to5Mac obteve acesso à versão prévia final do iOS 11, que revela, basicamente, todos os últimos detalhes sobre os novos iPhones e até mesmo a próxima geração do Apple Watch.

Começando pelo Apple Watch: vários rumores indicavam que a próxima atualização do relógio contaria com modelos LTE — ou seja, com rede 4G própria, tornando o produto independente do iPhone. A versão do iOS 11 obtida pelo site não apenas confirma isso em uma imagem com o indicador de sinal e o destaque para o ícone do telefone, mas também revela uma nova coroa digital vermelha.

A Central de Controle da versão final do watchOS 4 também confirma a novidade.

Já sobre o iPhone, as descobertas foram várias. De início, o 9to5Mac já menciona um novo Modo Retrato mais avançado, que simulará diferentes iluminações nas fotos capturadas com o efeito de profundidade. O recurso, que será inicialmente classificado como “beta”, terá os seguintes modos: luz de contorno, luz natural, luz de palco, luz de palco mono e luz de estúdio.

Se lembra que o iHelp BR revelou com exclusividade a possibilidade dos novos iPhones de gravar vídeos em 4K com 60 quadros por segundo? O site americano confirmou que a tecnologia realmente será anunciada pela Apple, como mostram os códigos internos da versão final do iOS 11.

“1080p HD em 240 fps — 480 MB com 1080p HD em 240 fps

4K em 24 fps — 270 MB com 4K em 24 fps / (Filmagem em HEVC) 135 MB com 4K em 24 fps 

4K em 60 fps — 450 MB com 4K em 60 fps (resolução maior e mais suave) /(Filmagem em HEVC) 400 MB com 4K em 60 fps (resolução maior e mais suave)”

A resolução da tela do novo iPhone Pro/Edition será 1125×2436. Como já era esperado, a tela será OLED e contará com a tecnologia True Tone do iPad Pro, que adapta a temperatura da cor branca conforme a luz do ambiente.

O iHelp BR também revelou em agosto que a edição especial de 10 anos do iPhone contaria com um sistema avançado de reconhecimento facial para autenticação, que deve funcionar até mesmo com o aparelho “deitado” em alguma superfície. O 9to5Mac confirma hoje que a tecnologia será comercialmente chamada de “Face ID” e que provavelmente substituirá definitivamente o Touch ID. Há até mesmo uma nova animação para fazer o reconhecimento do rosto.


O iPhone será capaz de identificar quando o usuário está ou não olhando para a tela. Dessa forma, ele deve silenciar as notificações automaticamente e até mesmo bloquear o aparelho quando a pessoa deixar de usá-lo. E se você ainda tem dúvidas, sim, este será o design final do novo iPhone.

Ao que tudo indica, também sugerido com exclusividade pelo iHelp BR, o botão liga/desliga deste iPhone será maior e contará com um lado específico para realizar diferentes tarefas dependendo do aplicativo utilizado no momento. Agora, chamado de “botão lateral”, pode fazer coisas como abrir o Apple Pay com dois cliques, chamar a Siri ao ser pressionado e até mesmo tirar fotos no aplicativo Câmera do sistema.

Gosta de Emojis? O iPhone novo contará com versões animadas em 3D das carinhas.

Assim como um rumor recente mencionou, o botão Início vai desaparecer completamente. Haverá uma barra cinza na parte inferior da tela, indicando que o usuário deve puxar o aplicativo até o topo para fechá-lo. É provável que a ação seja realizada por meio do 3D Touch, enquanto um arrastar simples continuaria mostrando a Central de Controle.

E, pelo jeito, a Apple deve lançar uma versão atualizada dos AirPods. Visualmente, apenas mudaram o indicador LED de carga da bateria para o lado externo do estojo. Considerando o número do indicador, o 9to5Mac acredita que a Apple talvez nem vá mencionar a alteração, e que os recursos do fone devem continuar os mesmos.

 

Por enquanto, estes são os vazamentos. Assim que o site americano divulgar novas informações, estaremos atualizando este artigo. Lembrando que o evento especial da Apple para a imprensa acontecerá na próxima terça-feira, dia 12 de setembro, às 14 horas.

Atualização:

Apenas por curiosidade, este é o ícone do “Face ID” no aplicativo Ajustes do sistema.

Nós também confirmamos os gestos que vão substituir o botão Início. “Passe o dedo de baixo para cima, a partir da borda inferior da tela, para abrir/retornar à tela de Início”.

Outra curiosidade que descobrimos hoje: o Apple Watch Series 2 é chamado internamente de “Ariel” — provavelmente uma referência por ser à prova d’água. A nova geração deste ano, com celular, tem o codinome “Sashimi”.

O Apple Watch “Sashimi” terá uma face de relógio exclusiva chamada “Explorador”. De acordo com a descrição dos códigos internos, o indicador de sinal da operadora aparecerá automaticamente na tela quando o usuário se afastar do iPhone. Isso sugere também que o próprio Watch fará a troca entre usar o sinal do iPhone ou a rede própria.


Algo que nos deixou intrigados: não há qualquer referência ao nome “Series 3” nos códigos internos do sistema. A nova versão é sempre citada apenas como “Apple Watch com celular”, o que levanta algumas questões. Será que o novo Apple Watch é apenas uma versão do Series 2 com celular? Ou talvez só chegará às lojas mais tarde, e por isso a Apple ainda não incluiu todas as informações no sistema que será lançado em breve?

Muitos se perguntaram como seria para autenticar a compra de aplicativos e outros itens no sistema utilizando o Face ID, com medo do sistema apenas reconhecer o rosto do usuário e já confirmar a transação por engano. Os códigos revelam que o usuário deverá pressionar o botão lateral duas vezes para confirmar as compras em aplicativos, assim como no Apple Watch.

Nós mencionamos acima que o 9to5Mac encontrou referências a um novo Modo Retrato mais avançado, com novos filtros de iluminação. Para a felicidade de quem não quer gastar mil dólares em um “iPhone X”, o recurso também deve estar disponível para os outros novos iPhones 8 e 8 Plus. Isso porque a API da câmera traz dois arquivos: um identificado como “d22” (iPhone X) e outro genérico “d2x” (englobando todos os novos iPhones de 2017).

Enquanto o novo Modo Retrato está incluso no arquivo “d2x” para todos os novos modelos, há algo curioso nos códigos da câmera do iPhone X especificamente: “Modo retrato requer menos luz”. Não dá para saber ao certo o que isso significa, mas a nossa sugestão é que a nova lente teleobjetiva terá uma abertura maior.

E estes são os ícones dos novos filtros de iluminação.

E um filtro curioso relacionado.

Na mesma lógica dos arquivos “d22” e “d2x”, nós entendemos que todos os novos iPhones deste ano vão gravar vídeos em 4K com 60 quadros por segundo e 1080p com 240 quadros por segundo.

Filipe Espósito

Filipe é o criador do iHelp BR. Sempre fascinado por tecnologia, começou a se interessar pela Apple após ganhar o primeiro iPod touch, em 2007. Com a falta de conteúdos sobre a Apple no Brasil, na época, decidiu abrir o iHelp BR para compartilhar dicas e notícias. Entre seus dispositivos mais recentes estão um iPhone 6 Plus, MacBook Pro de 13 polegadas, Apple Watch Series 2 e os novos AirPods. Atualmente está cursando graduação em Jornalismo.

Publicações Recentes